sobreVIVER longe de casa


image

Me revolto fácil fácil quando leio alguns textos por aí que dão ênfase às dificuldades que é viver fora do seu país de origem ou até pior, aqueles em que o foco principal é denigrir a imagem da China.

Quero te mostrar alguns pontos realmente importantes caso você esteja pensando em mudar de país.

Não se iluda, você sempre vai sentir saudade de casa! Quando digo ‘casa’ não é aquele apartamento em que você morava ou a casa dos seus pais, essa saudade está ligada a energia que só o seu país tem, lá sempre será seu lar. A saudade não vai ser só de pessoas, comidas, lugares ou coisas, com o passar do tempo você percebe que esse sentimento vai muito além! Mas existe uma parte boa nisso tudo, você aprende a amar e cuidar de longe, torna-se muito mais atencioso e prestativo, valoriza ainda mais aquela conversa pelo FaceTime que antes você não tinha paciência, diz EU TE AMO mais vezes, manda muito mais mensagens carinhosas para seus amigos e familiares do que quando você estava no mesmo país que eles.

Sim às vezes nossos corações ficam apertados e sentindo-se vazios, vão chegando as datas comemorativas, aniversário, Natal, ano novo… e não vemos decorações natalinas por aqui e as que vemos são discretas com valores totalmente comerciais, começamos a lembrar das ceias enormes, daquela mesa linda de natal decorada pela família toda, do amigo secreto, dos abraços da meia noite! Não meus caros, essas comemorações quando você está fora de ‘casa’ nunca serão as mesmas de antes, mas isso não quer dizer que você ficará jogado as traças, sem eira nem beira! Nesse momento seu coração está mais acessível, qualquer jantar em casa com amigos já vai ser motivo de festa!

A parte boa de estar desbravando um novo país é que toda vez que vemos um estrangeiro sentimos uma vontade enorme de fazer amizade, compaixão, nos identificamos, independente da classe social, idade, etnia… estamos todos em busca do mesmo propósito! Realização pessoal, profissional, felicidade, amor!

Sim seus primeiros meses talvez sejam terríveis! Se você estiver na China então prepare-se para emagrecer um tantinho incialmente, aquele almoço de domingo da mamãe ou da vovó não fará parte da sua nova vida! Mas te garanto que em alguns poucos meses você será um expert na arte da culinária asiática! No começo ficava muito curiosa como eles conseguiam cozinhar todos os vegetais e de maneira tão saborosa! Um dos nossos melhores amigos (alemão casado com uma chinesa) me disse o segredo: ‘joga tudo na panela com azeite e alho’! Pronto! Aprendi! Hahaha

Você se vira do avesso, se reinventa, se frustra, se adapta e se apaixona!
Há quem diga que não gosta de onde está, que tem um trabalho que paga pouquíssimo por mês, não tem amigos, quer voltar pra casa, odeia o idioma, comida, as pessoas! O meu sentimento por essas pessoas é de tristeza, você não sabe o que está perdendo! A partir do momento que você empacotou suas coisas e resolveu sair pelo mundo já deveria entender que não seria fácil, mas a caminhada compensa de um tanto! E daí se você não está no emprego dos seus sonhos, já parou pra pensar quantos idiomas você está falando ou no mínimo entendendo agora? Reparou quantas nacionalidades diferentes estão presentes na sua mesa naquele happy hour do meio da semana? Sim, você leu muito bem, meio da semana! Quando estamos em outro país nossa noção de tempo muda assim como nossas prioridades. Se antes você sonhava em ficar em casa enterrado no seu sofá com o Netflix o final de semana todo ( já que você trabalhava a semana inteirinha e so tinha dois dias livres, às vezes um só) hoje você já está sonhando com a sua próxima viagem! O dinheiro rende muito mais por aqui! Só o valor de um jantar num restaurante japonês que amava frequentar em São Paulo já paga nossas passagens de ida e volta pra Xangai!
E ainda tem gente que se diz triste e frustada? Ahhhhh faça me o favor né?!

NINGUÉM DISSE QUE SERIA FÁCIL!

Morar fora não é para os fracos e nem para os fortes! Ninguém nunca estará preparado! Sua casa nunca será a casa da sua mãe, o idioma nunca será tão fácil como o seu, a comida nunca será parecida, seus amigos serão extremamente diferentes! VOCÊ NÃO SERÁ O MESMO! E é exatamente isso que eu espero, não ser a mesma pessoa que eu era, tá aí o propósito de ter mudado pro outro lado do mundo, quero uma versão melhor de mim mesma, se algum dia voltarmos para o Brasil quero levar comigo todo o amor que tenho recebido/encontrado por aqui.
Escrevo esse texto com o meu coração transbordando! Dia 27 é aniversário da minha irmã, em oito anos participei só de dois aniversários da vida dela, sempre estive longe! Mas hoje eu converso com ela todos os dias, coisa que não fiz nos últimos sete anos.
Às vezes precisamos passar por situações extremas para enxergarmos o verdadeiro sentido de amar.

Morar fora é sentir saudades todos os dias, mas você cresce, não estou me referindo ao crescimento intelectual, isso você já sabe que vai acontecer, é clichê; Quero dizer que seu coração cresce!

Não se iluda com fotos belíssimas de sorrisos soltos, às vezes também choramos e não temos colo, mas no final de cada choro baixinho e discreto, sempre tem um sentimento de orgulho, superação! Afinal todos saímos do mesmo lugar (nossa zona de conforto) e hoje estamos soltos à beira mar, sem saber o que vai acontecer amanhã, mas mesmo assim estamos dispostos! Acordados, esperando as surpresas que estão por vir!

Não, não sou fraca, forte e nem preparada, só cultivo minha força de vontade todos os dias pra receber as coisas incríveis que virão e mostrar pra minha irmã, que esse mês completa oito anos, que ela pode ser quem ela quiser, Barbie, bailarina ou super herói, independente de onde esteja ou tenha vindo.

Garanto a vocês, vale a pena sair da zona de conforto, tente?

Beijos beijos; 

Be Colorful!

13 comentários em “sobreVIVER longe de casa

  1. Eu também já estive longe do ninho… lógico que não tão longe como vc, mas sei que a saudade de tudo é cruel, te parabenizo pela coragem e o poder de resiliência. Mas para mim essa sua força e sabedoria não me surpreenderam pois es muito forte e determinada e já mostrou diversas vezes a que veio… Parabéns pelo texto!!!! Sou sua fã

    1. Muito obrigada!! É sempre muito bom ler suas palavras, parece que estamos um pouquinho mais perto.

      Gosto da frase que diz ‘saudade é o amor que fica’, tenho muitos amores empalhados por ai porque a saudade é grande.

      Beijo enorme!!

  2. e muito bonito o texto mas e bem asim mesmo que as coisas acontece so quem sai fora to propio pais que comesa entender melhor como fonciona os valores das coisas e familia amigos e a respeita o prossimo e so morando fora que a vida encina oque a gente nao concequi ver no nosso pais de origem.e muita fe em deus e sempri procura fazer a coisa certa e ter umildade e respeita o prossimo que as coisas acontece.

  3. Uauuu, me emocionou Evelyn. Muito feliz em ver que virou uma blogueira profissional, colocar o que vc realmente sente é o segredo. Parabéns!
    Amamos vocês!

    1. Muito obrigada Juliano!
      As experiências realmente tem sido ótimas, às vezes dá uma saudadezinha mas em breve estaremos por aí para rever a família e amigos.

      Abraços!

Deixe uma resposta