Retrospectiva dos meus 4 anos na China

01/12 foi o dia que completei 4 anos nesse lado do mundo; Quatro anos de surpresas constantes e muito aprendizado. Algumas pessoas podem até pensar que morar na China seja difícil, talvez devido a cultura que é tão diferente da nossa, mas no meu caso devo confessar que não tem sido tão difícil.

Claro que no começo o impacto é sempre muito grande, mas conforme os anos vão passando nos surpreendemos com o tanto que aprendemos. 

Tentarei resumir como tem sido meus últimos anos desse lado de cá do oceano.

12/01 Was the day I turned 4 on this side of the world; Four years of constant surprises and much learning. Some may even think that living in China is difficult, perhaps because of the culture that is so different from ours, but in my case I must confess that it has not been so difficult.

Of course the impact is always very big at first, but as the years go by we are amazed at how much we have learned.

I will try to summarize what my last years have been like on this side of the ocean.

01/12/2015 – Ano em que cheguei na terra do dragão, a propósito segundo o zodíaco chinês eu sou o Dragão 😊. Os primeiros meses foram complicados, não conhecíamos muitas pessoas, eu não falava inglês (muito menos chinês), emagreci 7 quilos em dez dias, passei muito frio, aprendi a beber água quente que por sinal faz uma diferença enorme – Mantém nosso corpo aquecido diminuindo as cólicas no período menstrual, evita dores de garganta, ajuda a prevenir gripes e resfriados.

Comecei a ser mais sociável, ao contrário daquela Evelyn de São Paulo que vivia para o trabalho e se encontrava com amigos a cada três meses.

2015/12/01 – Year I arrived in Dragon Land, by the way according to the Chinese Zodiac I am the Dragon 😊. The first months were complicated, we didn’t know many people, I didn’t speak English (much less Chinese), I lost 7 kilograms in ten days, I was very cold, I learned to drink hot water which by the way makes a huge difference – Keeps our body warm by shrinking menstrual cramps, prevents sore throats, helps prevent colds and flu.

I started to be more sociable, unlike that Evelyn from Sao Paulo who lived for work and met friends every three months.

2016 – Aprendi inglês, fiz novas amizades e aprendi a valorizar mais a antigas amizades também. Morar fora faz isso com a gente, começamos a valorizar mais as pessoas queridas e o tempo que passamos com elas. Me descobri no mundo dos chás chineses, até agora ainda me surpreendo com os benefícios, entres eles um dos meus favoritos – e mais poético – chá de crisântemo que tem como uma de suas funcionalidades clarear o branco dos olhos e manter seu olhar mais iluminado, não é maravilhoso?! 

Me reinventei e criei meu blog, mais com intuito de distração própria do que popularidade 😆

2016 – I learned English, made new friendships and learned to value old friendships more as well. Living abroad does this to us, we start to value dear people more and the time we spend with them. I found myself in the world of Chinese teas, so far still amazed at the benefits, among them one of my favorite – and most poetic – chrysanthemum tea that has as one of its features lightening the whites of the eyes and keeping your eyes brightened, Isn’t it wonderful ?!

I reinvented myself and created my blog, more for my own distraction than popularity 😆

2017 – Viajar tornou-se meu novo hobbie! A China tem dessas coisas, nossa mente se abre para o mundo e priorizamos o bem estar acima de tudo, Talvez por estarmos longe da família. 

Por causa do blog comecei a me envolver mais no círculo fashion da cidade e consequentemente comecei a receber convites para eventos – outro fato curioso – ser estrangeiro na China, ou pelo menos nas cidades menores como a que eu moro, ainda tem suas vantagens, somos facilmente notados especialmente quando você se envolve nos acontecimentos da cidade. 

Também me envolvi mais com arte e cultura, na verdade inicialmente foi uma maneira de fugir um pouco da minha realidade, me manter inspirada e encantada. Hoje em dia tem sido parte da minha rotina, como se fosse uma vitamina indispensável para minha saúde física e mental; Posso dizer que ainda é minha rota de fuga em dias cinzas.

2017 – Travel has become my new hobby! China has these things, our mind opens to the world and we prioritize well being above all, Maybe because we are away from family.

Because of the blog I started to get more involved in the fashion circle of the city and consequently I started to receive invitations to events – another curious fact – to be a foreigner in China, or at least in the smaller cities like where I live, still has its advantages, we are easily noticed especially when you get involved in the events of the city.

I also got more involved with art and culture, in fact initially it was a way to escape a little of my reality, keep me inspired and enchanted. Nowadays It has been part of my routine, as if it were an indispensable vitamin for my physical and mental health; I can say it’s still my escape route on gray days.

2018 – Amadureci como pessoa, esposa, irmã, filha e amiga. Quando passamos muito tempo sozinhos tendo que nos reinventar diariamente esse tipo de coisa acontece. Começamos a reavaliar nosso comportamento e excluímos aquilo que não é compatível ou que interfere no nosso desenvolvimento pessoal. 

Trouxe amizades do Instagram para a vida real ♥️

Comecei a me expor mais e testar novos caminhos. Me descobri stylist, atriz e modelo haha coisas da China! Esse país é tão acolhedor que nos permite inventar versões novas de nós mesmos, sem culpa ou medo de julgamentos.

2018 – I matured as a person, wife, sister, daughter and friend. When we spend a lot of time alone having to reinvent ourselves daily that kind of thing happens. We begin to reevaluate our behavior and exclude what is not compatible or interfering with our personal development.

Brought Instagram Friends to Real Life ♥ ️

I began to expose myself more and test new ways. I found myself stylist, actress and model haha things from China! This country is so welcoming that it allows us to invent new versions of ourselves without guilt or fear of judgment.

2019 – Começamos o ano fazendo o que mais amamos: viajando!

Passei por duas cirurgias de emergência (a minha e do meu marido) não foi fácil, segurei muito o choro sozinha. Aprendi a ser mais leve, julgar menos e apreciar mais. 

Por três meses Tive a oportunidade de presenciar a rotina de trabalho de uma empresa canadense ativa na China, aprendi muito! Cresci como pessoa e profissional. 

Entre tantas chegadas e partidas, aprendi a apreciar minha própria companhia mas também comecei a me cobrar mais.

Criei minha própria marca de acessórios feitos e mão, não tem sido fácil, mas não pretendo desistir.

2019 – We started the year doing what we love most: traveling!
I went through two emergency surgeries (mine and my husband’s) was not easy, I held my crying a lot on my own. I learned to be lighter, judge less and appreciate more.

For three months I had the opportunity to participate in the work routine of a Canadian company active in China, I learned a lot! I grew up as a person and professional.

Between so many arrivals and departures, I learned to appreciate my own company but also began to charge myself more.

I created my own brand of hand made accessories, it has not been easy, but I do not intend to give up.

A China tem um estilo de vida extremamente agitado, a cidade não dorme, tudo acontece ao mesmo tempo, comércios abrem e fecham da noite para o dia; As vezes é difícil acompanhar esse ritmo frenético. Mas por outro lado, temos novas oportunidades diariamente. 

O ano ainda não acabou e eu acredito que mais coisas irão acontecer.

Continuo sem falar mandarim e ainda sofrendo durante o inverno 😀 mas meu coração, mesmo apertado de saudade, está mais leve. Aprendi que cada fase da nossa vida tem a sua beleza e de que não adianta pularmos etapas, as coisas acontecem quando devem acontecer. 

Talvez a China tenha me tornado uma pessoa ansiosa, mas também tem feito com que eu tenha mais fé em mim mesma. 

Que venham os próximos anos de desafio, encanto e aprendizado.

China has an extremely busy lifestyle, the city does not sleep, everything happens at the same time, Stores open and close overnight; Sometimes it’s hard to keep up with this frantic pace. But on the other hand, we have new opportunities daily.

The year is not over yet and I believe more things will happen.

I still do not speak Mandarin and still suffering during the winter 😀 but my heart, even tight with longing, is lighter. I learned that every phase of our life has its beauty and that it is no use skipping steps, things happen when they should happen.

Maybe China has made me anxious, but it has also made me have more faith in myself.

Cheers for that!

May the coming years of challenge, charm and learning come!

Beijos & Be Colorful

4 comentários em “Retrospectiva dos meus 4 anos na China

  1. Evy, você nem acredita o quanto fico feliz em ler esse post! Sempre soube do seu potencial e fico feliz em saber o quanto você tem se reinventado e vem se redescobrindo.
    Também me identifiquei muito com texto, afinal aqui na Alemanha os dias também são sempre cinzas e eu também venho descobrindo muito sobre mim mesma.
    Saudades e sucesso!

    1. Olá Jess, muito obrigada pelo carinho e icentivo de sempre ❤️
      Tenho uma admiração enorme por você!
      Parabéns pela coragem de se reinventar mais uma vez, sei que as vezes não é fácil mas a experiencia é enriquecedora!

      Saudades!
      Beijos

Deixe uma resposta