Maio, o que foi notícia na China!

Semana passada fiz algumas postagens no Instagram sobre alguns acontecimentos que foram noticiados aqui na China, os posts fizeram tanto sucesso que resolvi compartilhar mais alguns por aqui com vocês 🙂

*Todas as matérias foram extraídas de noticiários online da China, ao clicar nas imagens vocês serão direcionados para as páginas de origem das notícias.

Last week I made some posts on Instagram about some events that were reported here in China, the posts were so successful that I decided to share some more here with you 🙂

* All articles were extracted from online news in China, by clicking on the images you will be taken to the news source pages.

Finalmente uma das notícias mais esperadas dos últimos tempos!

O Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais da China decidiu que os cachorros não devem mais ser comercializados para consumo alimentício!

O ministério também explicou que a China tem uma longa história de domesticação de cães. No passado, os cães eram criados para proteger os lares, usados na caça e como pastores. Hoje seus objetivos de criação são diversos, incluindo-os como animais de estimação, cães de resgate ou cães-guia.

Zhuhai, cidade da província de Guangdong, no sul da China, seguindo Shenzhen também proibiu o consumo de animais domésticos, como gatos e cães, e os infratores serão severamente punidos! A legislação veio após o surto de COVID-19, que poderia estar ligado ao consumo de carne de animais selvagens, levando o governo chinês a proibir o comércio e o consumo de animais selvagens.

Parafraseando Neil Armstrong:

“Um pequeno passo para o homem, mas um grande salto para a humanidade.” Concordam?

Finally one of the most anticipated news of recent times!

China’s Ministry of Agriculture and Rural Affairs has decided that dogs should no longer be marketed for food consumption!

The ministry also explained that China has a long history of domesticating dogs. In the past, dogs were bred to protect homes, used in hunting and as shepherds. Today his breeding purposes are diverse, including them as pets, rescue dogs or guide dogs.

Zhuhai, a city in southern China’s Guangdong province, following Shenzhen has also banned the consumption of domestic animals such as cats and dogs, and offenders will be severely punished! The legislation came after the outbreak of COVID-19, which could be linked to the consumption of meat from wild animals, leading the Chinese government to ban the trade and consumption of wild animals.

To paraphrase Neil Armstrong:

“A small step for man, but a big leap for humanity.” Don’t you agree?

“Eu não estou em casa ainda. Você pode deixar nosso pedido no portão de nossa residência. Um deles é para você. Lembre-se de fazer sua refeição em um horário apropriado! ”

Durante a quarentena recebemos várias notícias emocionantes de entregadores que não pararam de trabalhar mesmo em meio a pandemia, esse artigo é sobre um deles que mora na cidade de Wuhan > cidade que foi o epicentro do Covid-19 < preparem os lencinhos!

Entregadores na China trabalham incansavelmente por horas e diariamente lidam com a pressão de fazerem as entregas no prazo estipulado (afinal o salário deles depende da pontualidade da entrega). Por várias vezes nos deparamos com alguns deles correndo pelas ruas pra entregarem os pedidos com pontualidade, faça chuva, neve ou sol durante as 24 horas do dia terá sempre alguém que entregará seu pedido na sua porta.

Em uma noite de trabalho como outra qualquer, esse entregador recebeu uma solicitação incomum em um dos pedidos feitos, que dizia: “Ainda não estou em casa. Você pode deixar nosso pedido no portão de nossa residência. Um deles é para você (era uma fatia de bolo). Lembre-se de fazer sua refeição em uma hora apropriada!” Sem entender muito bem, ele voltou à loja de onde havia retirado o pedido e pediu ao proprietário para confirmar se era realmente para ele ou não. O que o cliente que fez o pedido não imaginava é que, coincidentemente, era aniversário do jovem entregador. Como ele já estava na loja, decidiu comprar uma vela e celebrar por conta própria entre as entregas dos pedidos.

O video do entregador sentado no meio fio, no seu intervalo de trabalho, celebrando seu aniversário sozinho inspirou ainda mais “pedidos especiais”, que tem sido feitos em todo o país, maneira simples porém extremamente carinhosa de reconhecer o trabalho desses incansáveis trabalhadores.

During the Quarantine we received several  articles about couriers who have not stopped working even in the middle of the pandemic, this article is about one of them who lives in the city of Wuhan> city that was the epicenter of Covid-19 < prepare the wipes!

Couriers in China work tirelessly for hours and daily deal with the pressure of making deliveries on time (after all, their salary depends on the punctuality of delivery). Several times we come across some of them running through the streets to deliver orders on time, rain, snow or sun 24 hours a day, there will always be someone who will deliver your order at your door.

On a night of work like any other, this deliveryman received an unusual request in one of the orders placed, which said: “I’m not home yet. You can leave our order at the gate of our residence. One of them is for you (it was a slice of cake). Remember to make your meal at an appropriate time! ” Without quite understanding, he went back to the store where he had taken the order and asked the owner to confirm whether it was really for him or not. What the customer who placed the order did not imagine is that, coincidentally, it was the birthday of the young delivery man. As he was already at the store, he decided to buy a candle and celebrate on his own between deliveries.

The video of the delivery man sitting on the curb, at his work break, celebrating his birthday alone has inspired even more “special requests” that have been made across the country, a simple yet extremely loving way to recognize the work of these tireless workers.

“Chore um rio por mim!” Essa foi a frase que uma namorada traída usou para justificar a entrega de uma tonelada de cebolas na porta do seu ex-namorado!

A ex-namorada, conhecida por seu sobrenome Zhao, ficou arrasada depois de ter sido dispensada por seu parceiro há mais de um ano, segundo a imprensa local.

Zhao ficou furiosa ao descobrir que seu ex, de sobrenome Si, não derramou uma lágrima após a separação, enquanto ela passou dias chorando; Então ela fez um pedido de uma tonelada de cebolas vermelhas para que fossem entregue à porta da frente de Si com um bilhete que dizia: “Eu chorei por três dias, agora é sua vez”. Que tal? hahahaha

“Cry a river for me!” That was the phrase a cheated girlfriend used to justify delivering a ton of onions to her ex-boyfriend’s door!

An ex-girlfriend, known by her surname Zhao, was devastated after being dumped by her partner of over a year, according to local media.

Zhao was furious to discover that her ex, surname Si, did not shed a tear after the break up, while she spent days crying; So she ordered a ton of red onions  to be delivered to Si’s front door with a note that said, “I cried for three days, now it’s your turn.” What do you Think about it? hahahaha

Todos nós sabemos como educar um filho pode ser difícil, e essa mãe usou medidas drásticas para corrigir um comportamento nada saudável do seu filho 😀

Enquanto o filho dormia, a mãe aplicou sombra nos olhos dele para que quando ele acordasse e se visse no espelho se assustasse imediatamente.

O pai do garoto disse a ele que os “olhos de panda” eram o resultado dele ter ficado muito tempo jogando no celular e fez o filho prometer parar de jogar.

“Eu não vou jogar! Eu realmente não vou jogar!” O menino chorava.

A mãe postou o vídeo do sofrimento do filho nas mídias sociais e disse aos repórteres que o método havia sido muito eficaz e que seu filho não brinca mais com telefones celulares.

No entanto não sabemos quantos pesadelos essa ação causou 😀

We all know how raising a child can be difficult, and this mother used drastic measures to correct her child’s unhealthy behavior.

While the son slept, the mother applied make up shadow to his eyes so that when he woke up and look himself in the mirror he would be immediately scared.

The boy’s father told him that “panda eyes” were the result of his playing on his cell phone for a long time and made his son promise to stop playing.

“I will not play! I will not really play!” The boy was crying.

The mother posted the video of her son’s suffering on social media and told reporters that the method had been very effective and that her son no longer plays with cell phones.

However we don’t know how many nightmares this action has caused 😀

Uma romântica história de amor que começou com uma mulher que fazia muitos pedidos no mesmo restaurante 🙂

Eis aqui mais um artigo sobre serviços de entrega, não me canso de falar deles por uma boa razão: eles tornam nossa vida muito mais conveniente!

Mas há bem mais a respeito dos pedidos do que a comida em si – é sobre a pessoa que faz a entrega, a dedicação deles em ajudar a tornar nossa vida mais fácil, é isso que devemos reconhecer e apreciar.

A história de hoje prova que alguns encontram conforto na comida, enquanto outros … encontram amor.

O Grandioso acontecimento ocorreu no início do mês de maio, na cidade de Hangzhou, onde um grupo de entregadores seguia pela cidade com balões cor de rosa para entregar um pedido a uma mulher chamada Hao, que já estava familiarizada com esse tipo de serviço de entrega (embora recebê-lo de 30 funcionários fosse incrivelmente Novo!)

O bilhete que ela recebeu com seu pedido era misterioso: “Por favor, troque seu vestido (Ela também recebeu um caixa enorme com um vestido novo) e siga seu cavaleiro encontrando-o no restaurante onde você se apaixonou por ele!”

Por mais terrivelmente fofo que isso fosse, Hao não pensou em nada além de um encontro “exagerado” planejado seu namorado.

O que ela não esperava era encontrá-lo no restaurante, de joelhos: “Nós nos conhecemos e nos amamos há 640 dias. Você quer se casar comigo?” Claro que ela disse SIM!

E Como surgiu esse amor?

Nos últimos dois anos, He Peng recebeu muitos pedidos da Sra. Hao. Após muita interação entre os dois, eles começaram a desenvolver sentimentos um pelo outro.

He Peng continua focado no trabalho com as entregas mas também está comprometido em se casar com a namorada o mais rápido possível.

Fofo!

A romantic love story that started with a woman who placed many orders in the same restaurant 🙂

Here’s another article on delivery services, I can’t get enough of talking about them for a good reason: they make our lives so much more convenient!

But there is much more to the order than the food itself – it’s about the person who delivers, their dedication to helping make our lives easier, that’s what we must recognize and appreciate.

Today’s story proves that some find comfort in food, while others … find love.

The Grand Event took place at the beginning of May, in the city of Hangzhou, where a group of couriers was traveling around the city with pink balloons to deliver an order to a woman named Hao, who was already familiar with this type of delivery service (although receiving it from 30 employees was incredibly new!)

The note she received with her order was mysterious: “Please change your dress (She also received a huge box with a new dress) and follow your knight to meet him at the restaurant where you fell in love with him!”

As terribly cute as that was, Hao thought of nothing but an “exaggerated” date planned by her boyfriend.

What she did not expect was to meet him at the restaurant, on his knees: “We have known and loved each other for 640 days. Do you want to marry me?” Of course she said YES!

And how did this love come about?

In the past two years, He Peng has received many requests from Ms. Hao. After much interaction between the two, they began to develop feelings for each other.

He Peng remains focused on working with deliveries but is also committed to marrying his girlfriend as soon as possible.

Cute!

Crianças em Hangzhou usam asas de Distanciamento Social na escola.

Uma maneira criativa de lembrar as crianças da importância do distanciamento social em meio à pandemia de coronavírus. Crianças da escola primária apareceram na aula usando asas coloridas de um metro de comprimento nas costas. As asas foram todas desenhadas e feitas pelos próprios alunos, com a ajuda de seus pais.

Um professor explicou que a tarefa tinha dois objetivos: lembrar os alunos de manter distância um do outro e ensinar-lhes o conceito do comprimento de um metro.

Método eficaz e super criativo!

Gostaram das notícias de maio? Eu já estou ansiosa pelo artigo de Junho 🤩

Beijos & Be Colorful!

Children in Hangzhou wear Social Distancing wings at school.

A creative way to remind children of the importance of social distance in the midst of the coronavirus pandemic. Elementary school kids showed up in class wearing colorful wings one meter long on their backs. The wings were all designed and made by the students themselves, with the help of their parents.

One teacher explained that the task had two objectives: to remind students to keep their distance from each other and to teach them the concept of a meter length.

Effective and super creative method!

Did you like the news from May? I’m already looking forward to the June article 🤩

Kisses & Be Colorful!

Deixe uma resposta